domingo, 9 de dezembro de 2012

Olha eu outra vez!

Duvidas existenciais? Tu és eu e mais ninguém!

     Conforma-te dessa oriunda realidade que tanto negas todos os segundos assim como horas e por vezes dias quando te vem o pensamento.
     O que sou? Quem és tu meu eu?
     Claro que tu és eu seu eu deturpado e mascarado de insensibilidades usurpadas de familiaridades descontinuadas com muita brutalidade!
     Estás a rir agora? Ridículo és assim como eu quando descrevo o idiota aprisionado que está em mim... Tens paredes transparentes? És mesmo uma abominação que às vezes assim evitas de forma drástica tocar como se elas te queimassem!
     Deixa-te de coisas e arrisca! Já viste a quantidade de oportunidades perdidas? Já viste quantas delas foram vividas? Esquece, deixa para traz tudo isto e segue, segue, SEGUE!

Tinha um outro querido blog mas só este era bom porque me fazia desanuviar e pensar em quem fui e o que sou, a todos os que leram e gostaram eu digo: Obrigado

Sem comentários: