terça-feira, 26 de outubro de 2010

Ideias

Vidro transparente que as bloqueias
Dás-me permissão para elas por ti saírem?
Elas são as minhas pequenas princesas
Tenta não as forçar a fugirem.

Ordinária prisão deixa-me usar delas,
Deixa-me mudar esse teu aspecto,
Deixa-me viver com elas,
Deixa-me possui-las com as suas vontades,
Deixa-me... Ao menos esse tal direito divino me ser dado.

Oh porque és divino?
Assim não te posso ter…
Controlo total me é negado.
As vezes a prisão tenho de conter e…
Agora gostava de as ter como meu atrelado.

Sem comentários: