segunda-feira, 15 de novembro de 2010

O Sonho do sonho

   Acordei com a sensação de ter libertado mais de mil lágrimas.
   Não me surge na minha pesada cabeça o tal maldito sonho… Este músculo é demasiado complexo para a sua percepção. É boa a sensação de esquecimento mas seriam lágrimas de tristeza ou felicidade?
   Se de felicidade fossem estarei feliz pela minha perda, seria péssimo lembrar de algo tão bom e não real.
    Na alternativa se fosse triste talvez ficasse aliviado por não serem verdadeiros os acontecimentos.
    Sonhos que a mente nos proporciona na complexidade dos sentimentos indecifráveis futuramente, se não forem lembrados. Era estupendo possuir o poder do controlo deste dom…
   Bem mas anular sentimentos, esquecer as mágoas, seria uma utopia ou maldição? A fuga da felicidade poderia ser cometida e não estariam na nossa memória vestígios destas acções… Enfim questões se colocam na minha parva cabeça. Raios para o meu tramado pensamento não apareças novamente com esse tramado sonho.

Sem comentários: