terça-feira, 6 de julho de 2010

A derrota vencida

No desespero te perguntei
com sinceridade me respondes-te
claro que bem não fiquei
e sem saber porque mais tarde me comoves-te

naquele momento na derrota estava
ainda tentei lutar com o que restava no meu corpo
até que dei em mim numa fraqueza que predominava
e muitas feridas estavam causadas
mas no fim de derrotado, tu estendes-me a mão e dizes: luta
e eu perguntava: onde? com que objectivo? por quem?
e tu por tuas palavras respondes-te: em qualquer lado, pela tua felicidade e por ti

nunca me senti tão bem apesar da derrota,
aliás quem seria aquele adversário?
seria a infelicidade, a desesperança?
apenas sei que ganhei um novo sentido para lutar
e não foi o meu adversário que me ajudou a descobrir
mas sim a amizade que me disse tais palavras

e a ela digo: Obrigado

3 comentários:

Shiny disse...

Sim eu percebi e mais: No meio do desespero, há sempre alguém que te ajuda a escapar. Se nao encontras esse alguém, eu digo que nem sequer tentaste.

Continua a escrever
Tens jeito!
bjs

Margarida disse...

Nunca pensei que escrevesses tão bem!

wooow, surpreendeste-me :o

Joana disse...

Lutar contra ti nao te leva a lado nenhum... Simplesmente luta contra tudo o que vem contra ti e o que te vem magoar...

e sempre que precisares de ajuda sabes que estou aqui =)

gostei =)